NME divulga lista dos 50 melhores álbuns de 2016

Está oficialmente iniciada a temporada das listas do ano!

O site da NME divulgou a lista dos 50 melhores álbuns de 2016 segundo seus editores. Na lista, Kanye West ficou em #2 por "The Life Of Pablo" e, Rihanna, Drake, Lady Gaga e Beyoncé aparecem pelos seus trabalhos lançados esse ano.

Confira:
  • 50. Bon Iver – ’22 A Million’
  • 49. Public Access TV – ‘Never Enough’
  • 47. Wild Beasts – ‘Boy King’
  • 46. Savages – ‘Adore Life’
  • 45. Car Seat Headrest – ‘Teens Of Denial’
  • 44. The Lemon Twigs – ‘Do Hollywood’
  • 43. Anohni – ‘Hopelessness’
  • 42. Whitney – ‘Light Upon The Lake’
  • 41. Solange – ‘A Seat At The Table
  • 40. Rihanna – ‘Anti’
"Deixe-me cobrir sua merda com glitter/eu poderia fazer ouro" faz parte da música de abertura do "ANTi", a parceria com SZA em "Consideration". Apesar de ser uma das maiores popstars do planeta, com seu 8º álbum, Rihanna provou que não tinha medo de ser um pouco estranha, um pouco suja. Claro, havia canções bangers - 'Work' e 'Kiss It Better' - mas isso também foi uma chance para ela levantar sua bandeira freak, com o discreto e espaçoso R&B, funk e funk psicodélico.
  • 39. Green Day – ‘Revolution Radio’
  • 38. Slaves – ‘Take Control’
  • 37. Soft Hair – ‘Soft Hair’
  • 36. Swet Shop Boys – ‘Cashmere’
  • 35. Glass Animals – ‘How To Be A Human Being’
  • 34. Let’s Eat Grandma – ‘I, Gemini’
  • 33. Margo Price – ‘Midwest Farmers Daughter’
  • 32. Kings Of Leon – ‘Walls’
  • 31. Bastille – ‘Wild World’
  • 30. Nao – ‘For All We Know’
  • 29. Kate Tempest – ‘Let Them Eat Chaos’
  • 28. Goat – ‘Requiem’
  • 27. Giggs – ‘Landlord’
  • 26. Biffy Clyro – ‘Ellipsis’
  • 25. Blossoms – ‘Blossoms’
  • 24. Nick Cave And The Bad Seeds – ‘Skeleton Tree’
  • 23. Michael Kiwanuka – ‘Love And Hate’
  • 22. Radiohead – ‘A Moon-shaped-pool’
  • 21. Anderson. Paak – ‘Malibu’
  • 20. Lady Gaga – ‘Joanne’
Seguindo o excesso de conceito do "ARTPOP", 2013, o 4º álbum de Lady Gaga nem parece muito com um álbum de Lady Gaga. Ao invés disso, o álbum conta com uma A-List de colaborações. "Joanne" soa mais como o primeiro álbum de Stefani Germanotta: mais pessoal, soft-rock, retrospectivo, que revela muito sobre a mulher por trás da Mother Monster. Os impulsos de diva de Gaga foram deixados para trás em músicas como "Perfect Illusion" e "Come To Mama", há momentos mais silenciosos, mais introspectivos de Joanne, que mais duravam e demoravam mais.
  • Resultado de imagem para joanne
  • 19. White – ‘Lung Paradise’
  • 18. Tegan And Sara – ‘Love You To Death’
  • 17. Drake – ‘Views’
Em um enorme álbum de 20 longas faixas, Drake não se importou com o comprimento do álbum. Essencialmente, era, ainda, outro álbum sobre como duro é Drake, mas, no estilo clássico de Drake, feito através de canções rudes e bangers. Havia 'One Dance', a canção do verão, a parceria de Rihanna na dancehall 'Too Good', a vibe ultrajante de 'Controlla', e 'Hotline Bling' como uma faixa bônus. 
  • 16. Danny Brown – ‘Atrocity Exhibition’
  • 15. Kano – ‘Made In The Manor’
  • 14. Jamie T – ‘Trick’
  • 13. Angel Olsen – ‘My Woman’
  • 12. Sunflower Bean – ‘Human Ceremony’
  • 11. Beyonce – ‘Lemonade’
O trabalho de uma mulher desprezada, ou uma ótima campanha promocional? Quando as músicas são tão boas, quem se importa? Beyoncé provou ser uma força a ser contada com em seu sexto álbum - seu segundo álbum visual após 'Beyonce', 2013. Um trabalho de tirar o fôlego, apresenta sua primeira música country, contribuições de Jack White, Kendrick Lamar e John Misty e é um impulso gigantesco para o movimento de protesto Black Lives Matter. "Lemonade" lançou Beyoncé como uma super mulher, comentarista cultural, militante política e muito foda, e conseguiu em todas as frentes.
  • 10. Frank Ocean – ‘Blond’
  • 9. Chance The Rapper – ‘Coloring Book’
  • 8. Iggy Pop – ‘Post Pop Depression’
  • 7. Diiv – ‘Is The Is Are’
  • 6. David Bowie – ‘Backstar’
  • 5. Kaytranada – ‘99.9%’
  • 4. Skepta – ‘Konnichiwa’
  • 3. Christine And The Queens – ‘Chaleur Humaine’
  • 2. Kanye West – ‘The Life Of Pablo’
O sétimo álbum de Kanye West, que conta com 20 faixas, continuou a mostrar sua orelha visionária para samples - do reggae da grande Sister Nancy em 'Famous' ao compositor vanguardista Arthur Russell em '30 Hours '- e provou que ele é próximo de grandes artistas, trazendo parcerias de Rihanna, Kendrick Lamar, Andre 3000 e Chance The Rapper. Ele também manteve Kanye nas manchetes graças a polêmicas letras sobre Taylor Swift e seu constante mexerico, como ele passou o ano transformando e relançando o registro. Estranho, claro. Mas também é muito Kanye.
  • 1. The 1975 – ‘I Like It When You Sleep For You Are So


Disqus